terça-feira, julho 12, 2011

De repente feliz...

De repente
sou um homem rico e feliz
dentro da noite.

Percebo que todos, ou quase todos, dormem,
e o silêncio da madrugada é o meu único companheiro
e o sinto em expectativa, ao meu redor...

Estou lendo o meu jornal depois de uma sessão de cinema,
e me encontro com o mundo, vago mundo - quase sem preocupações.

De repente
estas cansadas manchetes políticas me parecem estranhas
como se estivessem em idioma desconhecido,
estes telegramas, estas notícias, vem de Marte talvez,
porque me falam de outro mundo...

De repente
percebo que estou só, que respiro, que estou bem,
e porque percebo isto, paro de ler para tomar plena consciência
de que exito,
de que respiro, de que estou bem,
neste momento feliz, sem nenhuma importância...

E me levanto, para descobrir
a beleza da noite distante pela janela aberta,
a noite nova e desconhecida, como o olhar de um cego que subitamente pudesse ver.

Esta noite, este silêncio, até este jornal,
que subitamente nada me diz,
esta ausência de tantos,
me fazem rico de repente, porque me encontro

E só por isto, sem nada dizer, tomando a noite e o silêncio
aos goles, como um gaúcho seu chimarrão,
me deixo ficar comigo mesmo, tranquilo, tranquilo, tranquilo,
a saborear estes instantes de infitinita e imprevista paz,
a saboreá-los, lenta e demoradamente...

E não me levo pra cama, até que me desperto novamente
homem pobre e triste como tanta gente...

12 comentários:

DarKblog disse...

Gostei, é de autoria sua? *-*

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Idem! Amei!

*o*

Garcez disse...

parece a descrição de um sonho... de algum devaneio

abraços
.
www.ouvindoparalamas.blogspot.com
.

^-^¨cat disse...

a questao é perceber a si mesmo, que lindo poema!

Fernando disse...

Belo texto. É muito bom às vezes se deixar levar por um "sonho acordado", um devaneio, um encontro consigo mesmo quando a solidão se faz a melhor companheira em noites como a descrita neste poema.

Robson Ojuarah disse...

gostei dos versos, parabens

se possível, visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

Millena Blogueira disse...

Sonhar acordado muitos o fazem e poucos concretizam.
Primeira vez no seu blog e gostei.

Érica disse...

Nos sonhos podemos ser o que quisermos. Lindo texto! A foto também... já estive sentada nesse lugar... La Seine inconfudível.

Parabéns pelo blog!

http://alma-feminina.blogspot.com/

Floradas de amor disse...

Momentos de encontro com a gente mesmo, raros e indescritíveis, ou qse, pq vc conseguiu, diria, qse o nirvana. =D

Carolina Elizabeth disse...

Olha, eu, em minha simplicidade, dou-me o direito de fazer um comentário, minha professora de literatura costuma dizer que antes de realmente se ler a poesia, se lê o desenho que ela possui, por algum motivo, esse seu estilo causa um impacto visual que já causa a vontade de ler, e depois de começar, ngm mais para, afinal, suas palavras são sabias.

www.sonhadora-simples.blogspot.com

Play disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Play disse...

Fala camarada este tipo de reflexão é uma coisa que muitos poderiam ter para criar uma consciência.

Seguidores